terça-feira, 18 de abril de 2017

TPC apresenta "República de Mulheres" em Vila Cova (Barcelos).

O TPC apresenta "REPÚBLICA DE MULHERES"
Centro Social Paroquial Imaculado Coração de Maria
Vila Cova - Barcelos
Sábado | 22 abril 2017 | 21h30

ESPETÁCULO SOLIDÁRIO *
Entradas: 2 euros (gratuito até aos 10 anos)
* Angariação de fundos para visita de estudo da turma 9ºA da Escola Básica e Secundária de Vila Cova.


República de Mulheres
Dur. aprox. 75 min | Class. etária: m/ 12 anos
Encenação: Carmo Bernardino

Interpretação (por ordem de entrada em cena):
Isabel Pereira, Ângela Arantes, Laura Tomé, João Figueiredo, Diana Rodrigues e Carlos Silva.

--

Sinopse:

República de Mulheres. Peça em dois atos (sem intervalo) do escritor brasileiro Ney Ferreira, a quem agradecemos a autorização que nos deu para a podermos representar.
Mas… República?! De Mulheres?! Mau! Então e os homens? Vamos ao dicionário. Respublica é a origem, latina. Estado… Governo… A coisa pública. Mau! Então a coisa agora é pública?! Mais abaixo, está república como comunidade de estudantes. Isto já sabíamos: desde 1309 que há, em Coimbra e por decisão de D. Dinis, casas que são alugadas a estudantes - as repúblicas! Mas só resta uma república de mulheres: “as Marias do Loureiro” e Ney Ferreira confirma que não conhece o Loureiro de lado nenhum. Talvez… aquela história das amazonas… La Condamine numa expedição que iniciou em 1735, lá no Brasil, relata ter ouvido falar das mulheres amazonas, guerreiras e belicosas, que só se encontravam com homens uma vez por ano. Thevet, um franciscano, escreveu coisas assombrosas sobre elas: eliminavam os filhos, ficando apenas com as filhas, só mulheres, portanto. Eram extremamente desumanas com os seus prisioneiros. Entre outras maldades, não os devoravam… apenas os assavam, mas não os comiam (mas que raio de conversa a esta hora!!!...) O TPC não se ia meter nestes assuntos! O dicionário salva-nos novamente! “República de mulheres é “uma casa ou agremiação em que não há ordem nem disciplina”. Vamos lá! Esta República de mulheres não é por certo a República das Bananas, embora possa haver por lá uma ou duas...
Estaremos numa casa com personagens muito sui generis e com nomes muito brasileiros. Desde a dona de casa, a noiva, mas com o noivo fora, à criada que não o é, mas é como se fosse. Que tem uma irmã. A criada não a dona. Ah! E a prima devidamente acompanhada pela sensível Bubby. Ai! Tanta mulher junta! Estão a ver! E que sonham, sonham, sonham… Alguns sonhos com bolinha vermelha no canto e outros que acabam quando nem sequer tinham começado. Mas chega o noivo e...
Divirtam-se!

segunda-feira, 3 de abril de 2017

"A Paixão de Cristo" em Concerto!

KYRIOS e TPC apresentam
"A Paixão de Cristo" em Concerto.
Sábado | 8 abril 2017 | 21 horas
Igreja Paroquial de Carapeços
Único, inesquecível, irrepetível 


Não se trata de um espetáculo, mas de um verdadeiro e íntimo momento de oração: vamos, através da música e das palavras, contemplar as terríveis horas que precederam a morte de Jesus. Horas cheias de significado e de lições de amor. Horas de dor infinita, de perdão, de compreensão e de entrega do que mais amava.